Mantequeria Lasierra

Barcelona: O que fazer na Esquerra de l’Eixample, o bairro mais cool do mundo

Mantequeria Lasierra, Barcelona – um dos adoráveis comércios à moda antiga que resiste no bairro (Mantequeria Lasierra/Reprodução)

Eleito pela revista Time Out o bairro mais cool do mundo em 2020, L’Esquerra de l’Eixample, em Barcelona. Apesar de estar pertinho do centro e colado na famosa avenida Passeig de Gràcia, a região não tem atrações grandiosas como uma Sagrada Família ou uma casa de Gaudí. Por essas e outras, um turista menos atento pode até passar batido por aqui. Mas, olhando de perto,  é um dos melhores lugares da cidade pra comer, beber e fazer umas comprinhas em Barcelona. Entre uma coisa e outra, também vale manter os olhos atentos a edifícios modernistas lindos, como a Casa Golferichs, que abriga o instituto Català-Roca. A seguir, uma listinha com alguns bons endereços no bairro, para você usar em uma próxima visita à cidade, depois que o mundo voltar ao normal*:

Mercado del Ninot

Em tempos normais, é preciso ser um gladiador para frequentar o Mercado de la Boquería, o mais famoso da cidade (em plenas Ramblas). Já o Ninot, é um dos segredos ainda bem guardado pelos locais, com vários bares e espaços de degustação e produtos de altíssima qualidade. O escondidinho Semproniana, na tropa de elite gastronômica do bairro

Restaurantes

Um foodie que venha a Barcelona com lição de casa feita não tem como passar reto do bairro. Aqui estão alguns dos melhores restaurantes da cidade, como o Disfrutar, do trio de chefs que eram o braço direito de Ferran Adrià no El Bulli. Também brilham os escondidinhos Semproniana, Sense Pressa e o Retorniño, o melhor lugar bom e barato para mergulhar de cabeça nos frutos do mar e, principalmente, no polvo ao estilo galego.

Tandoor: indiano moderninho levemente adaptado ao paladar espanhol

Cozinha do mundo

Além de ser uma potência da gastronomia local, L’Esquerra de l’Eixample também é um ótimo lugar para provar a cozinha do mundo. O Tandoor, um indiano moderno levemente adaptado ao paladar espanhol. Entre os japas, o muito o elegante Robata, que fica na Enric Granados, uma das ruas mais charmosas, e também o Daruma, do chef Takenori Mito, com seu estilão bem tradicional. Para uma cozinha de mãe mexicana o Rincón Maya, um micro restaurante extremamente autêntico e aconchegante.

Gresca Bar: um dos melhores da cidade para umas tapas

Bares de tapas

Um dos melhores da cidade, o Bar Gresca assim como o sensacional Paco Meralgo, que se manteve cheio (com fila!) até em plena pandemia. O classicão Velódromo, palco de incontáveis reuniões de família. E ainda tem as batatas bravas do Senyor Vermut, o minúsculo Morro Fi, com seu vermute caseiro delicioso e a gostosa Bodegueta de Provença. Ah, e não poderia faltar: Cervecería Catalana, boa e barata por excelência.

Obra de Joan Miró no parque homônimo: esquecido pelos turistas

Parc de Joan Miró

Você se dá conta de que está muito mal acostumado quando um parque com uma grande escultura de Joan Miró é apenas um coadjuvante na cidade. Pouquíssimo conhecido, o Parc Joan Miró foi onde houve sossego nos primeiros dias em que foi possível a saída depois do confinamento. Enquanto a praia e os parques mais famosos estavam intransitáveis, quase ninguém se lembrou dele.

Compras à moda antiga

A Rambla Catalunya é a artéria comercial mais completa do bairro, com marcas de fast fashion, grifes e aquele combo básico que faz com que todas as ruas comerciais do mundo sejam quase iguais. Mas o bairro também tem suas lindezas de toda la vida, como a ótima livraria La Central, uma das melhores da cidade. L’Eixample Esquerra também é um bastião da resistência do comércio à moda antiga e tem alguns colmados (mercadinhos) que vendem queijos, vinhos, conservas e outras coisas gostosas escolhidas à dedo, com atendimento pelo próprio dono. A Mantequeria Lasierra, do senhor Ramon Lasierra, é um achado e você nao deve deixar de visitar.

Beerxample

Poucos anos atrás, era um sufoco encontrar uma cerveja em Barcelona que não fosse uma maldita Estrella Damm. De repente… boom! A febre das cervejas artesanais aterrissou e fez ninho no bairro. Não à toa, “ganhou” o apelido de Beerxample. O circuito cervejeiro fica no miolinho do bairro que é conhecido como Gayxample, repleto de bares, lojas, saunas, hotéis e associações GLBT. As imperdíveis ficam dentro de um raio de uns 200 metros: : Garage Beer, BierCab e BrewDog.

Delacrem, gelatos perfeitos e disputadíssimos

Os melhores gelatos

Briga? Tumulto? Guerra? Não, é a fila da Delacrem, considerada por muitos a melhor da cidade. Bem menos hypadas, a Cremeria Toscana também é excelente.

Cloudstreet: uma das padarias natureba mais hypadas da cidade

As melhores padarias

Além  da Cloudstreet, uma padoca ultra natureba, à alguns quarteirões pode comprar pães, bolos, croissants e afins na Turris, que considero imbatível. Prove as duas e tire suas próprias conclusões.

*As fronteiras da Espanha estão fechadas para turistas brasileiros atualmente e, neste momento, Barcelona está passando por um novo confinamento e todos os bares e restaurantes citados se encontram fechados (Outubro/2020).